top of page
  • Roizenblatt Médicos

Como tratar a retinopatia diabética?

Retinopatia diabética é uma doença da retina que ocorre após anos de descontrole do diabetes. Não há cura definitiva para a retinopatia diabética. Mas o tratamento funciona muito bem para evitar, retardar ou reduzir a perda de visão devido ao diabetes. Uma coisa é certa: quanto mais cedo a condição for descoberta, mais fácil será o tratamento e é mais provável que a visão seja salva. E aí entra a importância das visitas oftalmológicas rotineiras, principalmente no caso de pacientes diabéticos.

Bom, em termos de tratamento, o primeiro passo é controlar o diabetes, o que é feito através do ajuste dos níveis de açúcar no sangue. Isso deve ser feito mesmo que você já tenha sido tratado para retinopatia diabética e seus olhos já estejam melhores. Na verdade, um bom controle do açúcar no sangue é ainda mais importante neste caso. As demais opções de tratamento vão depender do estágio da doença, mas vale citar:

Tratamento a laser (fotocoagulação): geralmente funciona muito bem para prevenir a perda de visão caso seja feito antes que a retina tenha sido gravemente danificada. O laser também pode ajudar no tratamento do edema macular.

Remoção cirúrgica do gel vítreo (vitrectomia): esta cirurgia pode ser necessária em casos em que a retina está descolada ou que ocorreu um sangramento dentro do olho, a chamada hemorragia vítrea.

Injeção ocular: essa é uma ótima alternativa para tratar pacientes que apresentem no exame ocular um inchaço da parte central da retina, chamado de edema macular diabético. O tipo de medicação a ser injetado varia de acordo com o estágio, dentre outas características da doença.

Vale uma ressalva que alguns pacientes necessitam realizar mais de um dos procedimentos citados acima ou repetir o mesmo procedimento algumas vezes para obter um melhor resultado.



Comments


bottom of page