top of page
  • Roizenblatt Médicos

Retinopatia da prematuridade

Para aqueles que ainda acreditam no mito de que apenas adultos precisam visitar o oftalmologista, vocês sabiam que crianças prematuras podem nascer com um problema na retina? Pois é, e trata-se de um problema grave que se não tratado pode levar à cegueira. Estamos falando da retinopatia da prematuridade. Trata-se de uma condição mais comuns entre os bebês nascidos antes de 32 semanas de gestação ou com menos de 1500 gramas ao nascimento.

A doença é caracterizada por uma falha no crescimento dos vasos sanguíneos da retina. O importante aqui é descobrir a doença, fazer o diagnóstico, e o único modo de se fazer isso é levando o bebê prematuro a uma consulta oftalmológica completa que inclua a dilatação da pupila. Em casos mais leves, a retinopatia da prematuridade pode desaparecer sozinha à medida que a criança cresce. Mas reforço novamente: isto demanda sim um acompanhamento de perto de um oftalmologista, mesmo que nenhum tratamento específico seja adotado. Já em casos mais severos, o paciente pode necessitar de tratamentos como laser ou cirurgia.

Esse é apenas um dos motivos, mas não o único, que justifica a ida regular de crianças a consultas oftalmológicas.



bottom of page