História da Clínica Roizenblatt: de olhos para o futuro (Parte 4)

O exemplo do Dr. Jaime e da Dra. Suely Roizenblatt frutificou, e seus filhos, Marina e Arnaldo, quiseram seguir o caminho dos pais, e se encaminharam também para a carreira médica. Desde muito novos, ambos ouviam com atenção seus pais como praticar a medicina com humildade e empenho, de modo a focar todos os esforços no bem estar do seu paciente. Assim, nunca tiveram dúvidas de que, a espelho dos seus pais, essa era a profissão pela qual também desejavam trilhar.

O Dr. Arnaldo ainda está se capacitando na área médica pela Escola Paulista de Medicina (EPM) para num futuro próximo integrar o corpo clínico da Clínica Roizenblatt. A Dra Marina é hoje uma brilhante médica oftalmologista, graduada também pela EPM da Universidade Federal de São Paulo, com residência médica pela mesma Instituição e pós-graduação na área de vítreo e retina no Wilmer Eye Institute da Johns Hopkins University. A formação nos Estados Unidos da Dra. Marina foi integralmente financiada pela Fundação Lemann e pelo Instituto da Visão. A Dra. Marina se mantém atualmente ativa na Fundação Lemann na posição de “Líder da Saúde”.

O foco de atuação da Dra. Marina é a cirurgia vitreorretinina. Atualmente, ela coordena um grupo de pesquisa internacional que publica constantemente, em revistas de alto impacto científico, artigos inovadores sobre estratégias de melhoria da destreza cirúrgica e sobre a inovadora cirurgia robótica ocular, que está ainda em seus primórdios; é chefe de um dos ambulatórios de retina da EPM, membro da comissão da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo e, é claro, médica da Clínica Roizenblatt.

Na foto, Dra. Marina e Dr. Jaime Roizenblatt no Congresso da Academia Americana de Oftalmologia, esta uma das inúmeras idas da dupla de pai e filha a conferências nacionais e internacionais.



Posts Em Destaque
Posts Recentes